fevereiro 04, 2016

Eles foram indicados ao Oscar com poucos minutos em cena através de atuações inesquecíveis


Atores brilhantes em performances inesquecíveis são lembrados em diversas premiações que envolvem o cinema, com destaque para o Oscar, que é considerado o maior evento da sétima arte. Muitos atores faturaram as cobiçadas estatuetas, porém, algum deles faturaram prêmio com poucos minutos em tela.

A lista que preparamos lembra alguns dos atores que ganharam ou foram indicados ao Oscar, apesar do pouco tempo em cena.

Enjoy!




Anthony Hopkins - O Silêncio dos Inocentes (1991)
Tempo em tela: 16 minutes
Muitos defendem que Hopkins apareceu em apenas 12 minutos de película. O fato é que apesar do pouco tempo, Dr. Hannibal Lecter assustou o público o suficiente para eternizar a atuação de Hopkins que faturou o Oscar de melhor ator em 1992.



Gloria Grahame - Assim Estava Escrito (1952)
Tempo em tela: 9 minutos, 52 segundos
Menos de 10 minutos foi suficiente para Grahame ganhar o Oscar Melhor Atriz Coadjuvante por sua performance como Rosemary.



Anne Hathaway - Os Miseráveis (2012)
Tempo em tela: 15 minutos
Ela mudou o visual drasticamente, além de cortar o cabelo, perdeu peso suficiente para ficar quase irreconhecível. A metamorfose física aliada a arrebatadora atuação renderam o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante para Hathaway, que ficou em tela em apenas 15 minutos da película que tem a duração de 158 minutos.



Anthony Quinn - Sede de Viver (1956)
Tempo em tela: 8 minutos
O personagem de Quinn, Paul Gaugin roubou a cena e ganhou a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante em 1957.



Ned Beatty - Rede de Intrigas (1976)
Tempo em tela: 5 minutos, 53 segundos
Ele só tinha uma cena como presidente corporativo Arthur Jensen, mas, aparentemente, que era tempo de sobra para justificar uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Ao defender sua opinião de que nenhum ator nunca deve recusar um papel, ele, brincando, disse, "Eu trabalhei um dia em Network e obtive uma indicação ao Oscar por isso." Ele não ganhou, mas a atuação e o tempo em tela merecem ser lembrados.



Judi Dench - Shakespeare Apaixonado (1998)
Tempo em tela: 8 minutos
Dench ganhou Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel como a rainha Elizabeth, e ao aceitar o Oscar, ela brincou: "Eu sinto por oito minutos na tela, eu só deveria ficar um pouco dele."



Ingrid Bergman - Assassinato no Expresso Oriente (1974)
Tempo em tela: 14 minutos, 18 segundos
Bergman ganhou o seu único Oscar (Melhor Atriz Coadjuvante) de 6 nomeações para o filme em 1975. Foram apenas 14 minutos em tela, 5 deles em uma cena de interrogatório que foi filmado em um take.



Viola Davis - Dúvida (2008)
Tempo em tela: 8 minutos
Contas divergem sobre o tempo real Davis em tela. Mas sua atuação como mãe de uma suposta vítima de abuso sexual rendeu a indicação de Melhor Atriz Coadjuvante em 2009. O prêmios ficou com Penelope Cruz por "Vick Christina Barcelona".



Ruby Dee - O Gangster (2007)
Tempo em tela: 10 minutos
Após 70 anos de carreira, Dee foi recompensada em 2008 com sua primeira e única indicação ao Oscar por seu breve papel como mãe de Denzel Washington no épico crime Ridley Scott.



David Niven -  Vidas Separadas (1958)
Tempo em tela: 15 minutos, 38 segundos
Niven marcou seu primeiro e único Oscar de Melhor Ator. O prêmio eternizou sua marcante atuação como major Pollock, um veterano de guerra cujo passado oculto é revelado em um hotel à beira-mar durante o período de entressafra.



Beatrice Straight - Rede de Intrigas (1976)
Tempo em tela: 5 minutos, 40 segundos
Na tela por um tempo ainda mais curto do que o seu co-ator Beatty, Straight roubou o recorde de Gloria Grahame e ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por sua performance como Louise Schumacher, a esposa abandonada do personagem de William Holden no filme.



Hermione Baddeley - Almas em Leilão (1959)
Tempo em tela: 2 minutos, 20 segundos
Pouco mais de 2 minutos em tela renderam uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 1960. Esse fato já é o suficiente para ter noção da arrebatadora atuação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário