fevereiro 05, 2015

Suicídio: 14 filmes que você precisa assistir antes de se matar


O suicídio é um assunto delicado que mesmo em uma época onde tabus são derrubados, este continua quase intacto. Mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano, a cada 40 segundos alguém no mundo tira sua própria vida, segundo relatório das Nações Unidas. A pesquisa constatou que a taxa de mortalidade através do suicídio é maior do que em guerras e catástrofes.

O cinema é um retrato da vida e o suicídio foi explorado algumas vezes na grande tela. Alguns desses filmes foram recebidos com elogios de crítica, e são considerados como "libertadores" para quem está pensando em cometer tal ato.

Vários títulos apresentados na lista se tornaram "cult" e são considerados cinematograficamente irretocáveis, além de servirem como manual de "auto ajuda" para quem está em depressão.

Conheça 14 filmes que você precisa assistir antes de cometer suicídio.

Enjoy!





14. Gente Como a Gente (Ordinary People)

Sinopse: A morte prematura em um acidente de um dos filhos de uma família de classe média alta acaba afetando a todos, principalmente o irmão da vítima, que se considera responsável pelo ocorrido e está em tratamento psiquiátrico. No entanto a mãe faz questão de manter as aparências, para não dar a entender que a unidade familiar foi quebrada.



13. Mishima: Uma Vida em Quatro Tempo (Mishima: A Life in Four Chapters)

Sinopse: Biografia do romancista, dramaturgo e ator japonês Yukio Mishima. O filme relaciona suas obras a acontecimentos de sua vida, como seu suicídio, que inclui o ritual de ser decapitado por um seguidor após cortar seu abdômen.



12. O Sétimo Continente (Der Siebente Kontinent) 

Sinopse: Georg e sua esposa Anna percebem o quanto suas vidas são isoladas e monótonas quando sua filha Eva, em uma tentativa desesperada para conseguir atenção, passa a fingir estar cega. A família decide então alterar sua realidade e mudar para a Austrália.



11. Despedida em Las Vegas (Leaving Las Vegas)

Sinopse: Em Los Angeles, Ben Sanderson (Nicolas Cage) é um alcoólatra que, após ter sido demitido da produção de um filme, decide dirigir até Las Vegas, onde planeja beber até morrer. Lá conhece Sera (Elisabeth Shue), uma prostituta que também morou em Los Angeles, por quem se apaixona. Ele acaba indo morar na casa dela, sendo que ela respeita o fato dele ser alcoólatra e ele respeita seu modo de ganhar a vida. No entanto, a deterioração dele entrou em um processo irreversível.



10. Garota Interrompida (Girl, Interrupted)

Sinopse: Em 1967, após uma sessão com um psicanalista que nunca havia visto antes, Susanna Kaysen foi diagnosticada como vítima de "Ordem Incerta de Personalidade" - uma aflição com sintomas tão ambíguos que qualquer garota adolescente pode ser enquadrada. Enviada para um hospital psiquiátrico, onde viveu nos 2 anos seguintes, ela conhece um novo mundo, de jovens garotas sedutoras e transtornadas. Entre elas está Lisa, uma charmosa sociopata que organiza uma fuga com Susanna, Daisy e Polly, com o intuito de retomarem suas vidas.



9. As Virgens Suicidas (The Virgin Suicides)

Sinopse: Durante a década de 70, o filme enfoca os Lisbon, uma família saudável e próspera que vive num bairro de classe média de Michigan.

O Sr. Lisbon (James Woods) é um professor de matemática e sua esposa é uma rigorosa religiosa, mãe de cinco atraentes adolescentes, que atraem a atenção dos rapazes da região.

Porém, quando Cecília (Hanna Hall), de apenas 13 anos, comete suicídio, as relações familiares se decompõem rumo a um crescente isolamento e superproteção das demais filhas, que não podem mais ter qualquer tipo de interação social com rapazes.

Mas a proibição apenas atiça ainda mais as garotas a arranjarem meios de burlar as rígidas regras de sua mãe.



8. O Pacto (Suicide Club)

Sinopse: Esta é a macabra história do suicídio coletivo de 54 garotas, todas estudantes de um mesmo colégio. Elas se atiram na frente do metrô, causando enorme comoção pública. Uma série de outras mortes de grupos espalhados por todo o país deixa a equipe do detetive Kuroda em pânico. Eles correm contra o tempo e as pistas mais atrapalham do que ajudam. Neste suspense de alto teor psicológico nada é tão simples como parece.



7. Últimos Dias (Last Days)

Sinopse: Blake (Michael Pitt) é um famoso músico de rock que mora numa mansão mal conservada e isolada do mundo. Caminhando pelos bosques que circundam a casa, interagindo pouco com o grupo de amigos que coabita no local ou tocando música sozinho, ele se fechou em um mundo interior que o torna cada vez mais distante dos outros e da vida exterior.



6. Paixão Suicida (Wristcutters: A Love Story)

Sinopse: “Paixão Suicida” é uma viagem por um universo peculiar, estranhamente familiar, mas cheio de surpresas. Um mundo de trabalhos servis, transporte ruim, bares sujos e velhas jukeboxes. Tudo começa quando Zia, um jovem amável mas sem objetivos, chega ao Além. Após conseguir um emprego na Pizzaria Kamikaze, ele percebe que após a morte as coisas não são tão diferentes de sua vida anterior, apenas um pouco piores. As perspectivas só melhoram quando o rapaz descobre que a garota de seus sonhos também cometeu suicídio. Em sua jornada para encontrá-la, ele faz dois amigos – um roqueiro russo e uma jovem sexy que está determinada a provar que foi parar no Além por um terrível engano. Juntos, em um velho carro cor de abóbora, esta família improvisada pega a estrada para encontrar Kneller, seu guia através deste mundo utópico. Repleto de mistérios e inesperado humor, “Paixão Suicida” celebra a vida, e quão preciosa e imprevisível ela pode ser.



5. A Ponte (The Bridge)

Sinopse: A ponte Golden Gate, que atravessa a baía de San Francisco, é um dos mais importantes pontos turísticos dos Estados Unidos. Mas é também o lugar que registra o maior índice de suicídios do mundo. Durante o ano de 2004, o diretor registrou, dia após dia, a rotina nefasta desse cartão-postal. Além do movimento de carros, pedestres e turistas, ele filmou mais de vinte suicídios.

O documentário flagra pessoas que sobem no parapeito da ponte e se atiram. O diretor vai então atrás de depoimentos de familiares e amigos dos suicidas para tentar entender seus motivos. O filme abriu o debate sobre a colocação de grades anti-suicídio na ponte.



4. Veronika Decide Morrer (Veronika Decides To Die)

Sinopse: Veronika é uma bela jovem em seus vinte e poucos anos, com um bom trabalho e um apartamento em Nova York. Porém, para ela as pessoas são frias e vazias. Ela não aceita a idéia de viver uma vida sem sentido. Assim, Veronika decide morrer com uma overdose de calmantes. Ao acordar de um coma em uma clínica descobre que terá apenas uma semana de vida.



3. Se Enlouquecer, Não se Apaixone (It’s Kind Of A Funny Story)

Sinopse: Neste drama-comédia situado na cidade de Nova York [baseado no romance de Ned Vizzini], Craig, um adolescente de 16 de anos (Keir Gilchrist), está estressado com as cobranças e a pressão de sua vida e se interna em uma clínica de saúde mental. Lá ele descobre que a ala dos menores de idade está fechada e se encontra preso na enfermaria adulta. Em meio ao desespero de estar em um lugar como aquele, Craig conhece Bobby (Zach Galifianakis), que logo se torna seu mentor e se vê interessado em Noelle (Emma Roberts). Com uma estada mínima de cinco dias, o adolescente é sustentado por amizades de dentro e fora da clínica enquanto aprende mais sobre a vida, o amor, e as pressões do amadurecimento.



2. Sala do Suícidio (Suicide Room)

Sinopse: Dominik é um garoto comum. Ele tem um monte de amigos, pais ricos e dinheiro para gastar em roupas de marca. Mas um beijo inocente com um colega muda tudo. Ele sofre bullying e começa a isolar-se do mundo exterior, vivendo todo o seu tempo em seu computador. Ele conhece uma garota anônima que lhe apresenta a "sala suicida", um lugar do qual não há escapatória. Pego em uma armadilha tecida por suas próprias emoções, Dominik torna-se enredado numa teia de intrigas e gradualmente perde o que ele mais aprecia.



1. Cake: Uma Razão para Viver (Cake)

Sinopse: Claire Simmons (Jennifer Aniston) é uma mulher traumatizada e depressiva, que busca ajuda em um grupo para pessoas com dores crônicas. Lá, ela descobre o suicídio de um dos membros do grupo, Nina (Anna Kendrick). Claire fica obcecada pela história desta mulher, e começa a investigar a sua vida. Aos poucos, começa a desenvolver uma relação inesperada com o ex-marido de Nina, Roy (Sam Worthington).

Nenhum comentário:

Postar um comentário