novembro 10, 2014

15 fatos que você (provavelmente) desconhece sobre a pornografia



O escritor Alan Moore registrou em um dos seus livros a frase: "culturas sexualmente progressistas nos deram a literatura, a filosofia, a civilização e o resto, enquanto culturas sexualmente restritivas nos remeteram a  Idade das Trevas e ao Holocausto".

A pornografia está presente no mundo e a internet popularizou ainda mais a pratica, os fetiches estão ai e provavelmente você tem o seu e o pornô transforma em realidade o seu desejo.

A indústria pornográfica passou nos presentou com atrizes memoráveis como Audrey Bitoni, Jessa Rhodes, Jenaveve Jolie, Jada Fire, Ashlynn Brooke e muitos outros. E a maioria das pessoas nunca falavam disso até a popularização da internet.

Desde que a internet tornou-se mais presente em nossa sociedade, consequentemente a pornografia também. O acesso a suas estrelas pornô preferidas e aos vídeos de fetiche nunca foi tão fácil e mais conveniente. Você pode acessar esse tipo conteúdo em qualquer lugar através do seu notebook ou smartphone.

Mas o que você realmente sabe sobre a pornografia? Eu acho que você nunca pensou profundamente sobre o assunto. Não se preocupe que te darei um pouco de conhecimento sobre essa indústria da qual você é viciado. Fique com 15 fatos que você (provavelmente) desconhece sobre a pornografia.

Enjoy!





15. Produções do pornô iniciaram ao mesmo tempo que os filmes convencionais

Com a invenção das primeiras câmeras cinematográficas e o estabelecimento das primeiras empresas de produção de filmes, durante a década de 1890, trouxe novas ideias do que se poderia fazer nessas gravações.

Enquanto Georges Méliès encantava o mundo com seu clássico "Viagem a Lua", outras pessoas só queriam fazer pornô...

Embora a pornografia esteja presente em toda a história da humanidade, a sua existência e popularidade veio através do cinema, através dos diretores Eugène Pirou e Albert Kirchner, que foram os pioneiros do cinema pornô.

Se você está curioso sobre alguns desses filmes, uma rápida busca Google irá apresentar-lhe tudo o que precisa.



14. Assistir pornô na internet pode causar perda de memória

Não é nenhum segredo que um grande número de indivíduos assiste pornografia online. Mas existem efeitos colaterais ao gastar muito tempo em sites como RedTube e PornHub? Bem, de acordo com um estudo publicado no The Journal of Sex Research sobre os efeitos psicológicos da exposição à pornografia on-line, existem algumas coisas que podem ser perigosas. Mais notavelmente, os jovens viciados em assistir pornografia na internet correm o risco de sofrer perda de memória de curto prazo.

Em resumo; pesquisadores pediram a 28 homens - todos heterossexuais, com média de 26 anos de idade - a olhar para uma série de imagens no computador. Algumas imagens foram pornográficas e algumas sem conteúdo sexual. Ao olharem essas figuras os voluntários tinha como objetivo indicar com "sim" ou "não", se existia pornográfica nas fotos.

A grande maioria enxergou pornografia onde não existe e isso nos remete ao nosso dia a dia, quando chamamos ou somos chamados de "mente suja".

Por outro lado é lógico que se você assistir a uns vídeos pornográficos online você não esquecerá de como dirigir um carro.



13. Domingo é o dia mais popular da pornografia na internet

Muitas pessoas usam o fim de semana para cuidar de tarefas mundanas que eles realmente não tem a chance de cuidar durante a semana. Eles vão fazer compras, encontrar-se com amigos e, aparentemente ... ficar em casa e assistir pornô. De fato o domingo está provando ser o dia do pornô online.

Os donos dos maiores sites pornográficos do mundo explicam que nesse dia as visualizações de vídeos batem recordes e consequentemente se chegou a conclusão de que o sexo relaxa tantos os homens quantos as mulheres, mesmo que seja virtualmente.



12. O Natal é a data menos popular para o pornô

Uma pesquisa mostrou que o dia menos popular para se assistir pornô é o Natal. De acordo com a análise de visualizações do site PornHub as pessoas consomem menos pornografia em feriados religiosos ou datas que marcaram acontecimentos importantes para a humanidade. Por exemplo, ninguém estava interessado em assistir pornô quando o furacão Sandy destruía a costa leste dos Estados Unidos.

O surpreendente é que o dia dos namorados é uma das datas onde se consome menos pornô. Os pesquisadores acreditam que essa data faz com que as pessoas pensem mais na carência psicológica e deixem de lado a carência física.




11. A juventude vende mais no mundo pornográfico

A indústria cinematográfica afirma que o pornô vende bem, e a indústria pornográfica diz que a juventude vende melhor ainda. Devido a isso, o tipo físico preferido dos produtores pornográficos são as jovens de rosto inocente que completaram a maior idade recentemente.

Mas o lado obscuro do pornô mostra que produtores viajam para outros países com o objetivo de achar meninas que são menores de idade. Eles se aproveitam do fato de ser quase impossível levantar os documentos oficiais dessas jovens, por se tratar de países com nível elevado de população não registrada.

Vale lembrar que a pornografia com menores de idade é crime em todo o mundo, mas de fato alguns países não possuem essa lei regulamentada e essa é a brecha que os produtores pornô aproveitam.



10. O pornô mais buscado na internet não está relacionada as jovens

Se a indústria pornográfica afirma que a juventude vende bem (como foi visto anteriormente), a internet mostra o contrário. A verdade é que cada país possuí sua cultura sexual e isso reflete diretamente nas buscas eróticas realizadas na internet.

Pesquisas mostram que as buscas mais frequentes em países como Romênia e China incluem "milf", que significa mulheres mais velhas. Outras pesquisas mostram que os usuários preferem pornografia feita em seu próprio país.

Lembrando que a pesquisa mostrou que na Ucrânia a busca pornô mais realizada é "capa de chuva gay". O que isso significa eu não sei e se você souber por favor utilize os comentários.



9. Atores pornô ganham mais atuando em filmes gays

É fato que as mulheres ganham mais do que os homens na indústria pornográfica. Um pênis no pornô é desvalorizado, mas isso muda quando se trata de uma produção pornô gay com homens.

Devido a isso muitos atores que se dizem héteros se aventuram pelo pornô gay. Então se você quer se tornar ator pornô para enriquecer facilmente e transar com atrizes gostosas, esqueça!



8. Jenna Jameson é a atriz ponô mais rica de todos os tempos

Apesar de ter se aposentado a mais de uma década, a atriz pornô Jenna Jameson continua faturando mais do que as maiores estrelas pornô da atualidade.

Uma lista atual das mais ricas estrelas pornô de 2013 diz o seguinte: Nikki Benz ($ 1 milhão), Asa Akira (1500 mil dólares americanos), Lisa Ann (US $ 2 milhões), Sunny Leone (2,5 milhões dólares), Sasha Grey (US $ 3 milhões), Jenna Haze (3,7 milhões dólares), Bree Olson (US $ 5 milhões), Jesse Jane (US $ 8 milhões), Tera Patrick (US $ 15 milhões) e Jenna Jameson em primeiro lugar, com um patrimônio líquido colossal de US $ 30 milhões.

Jenna mantém seu faturamento atuando de forma constante na produção de sites do gênero e na comercialização de brinquedos sexuais com seu nome. Então, se você alguma vez se perguntar "o que aconteceu com Jenna Jameson?", pense que ela provavelmente está em algum iate rindo e contando seus milhões. Sério? 30 milhões de dólares?! Talvez seja a hora de repensar algumas coisas.



7. Um em cada três visitantes de sites pornográficos é mulher

É fato, mulher também assiste pornô! Não só isso, as mulheres adoram encorporar a ponografia em sua vida sexual. Em 2012 uma pesquisa realizada nos sites do gênero mostrou que um em cada três visitantes dos sites eram mulheres.

Se você já visitou algum dos sites de pornografia mais populares (e eu acredito que você tenha), você provavelmente percebeu que a maioria deles tem uma categoria que se dedica especificamente as mulheres, normalmente intitulado "Para Mulheres" ou qualquer outra coisa do tipo. Os vídeos normalmente apresentam algo menos brutal, uma cena que remete a um casal apaixonado.




6. Os homens preferem olhar o rosto das atrizes em um vídeo pornô

Qualquer aficionado pornô poderia dizer-lhe que Alexis Texas, provavelmente, tem a parte traseira mais bonita de toda a pornografia. Sabemos também que Gianna Michaels, provavelmente, tem o par mais bonito de seios (naturais) na indústria de hoje. No entanto, de acordo com um estudo de rastreamento ocular do Instituto Kinsey da Universidade de Indiana isso não é necessariamente o que os caras estão olhando enquanto assistem uma cena de sexo.

Os pesquisadores concluíram que os homens preferem observar o rosto das mulheres para saber se "elas estão gostando" do que está acontecendo na cena. E isso realmente faz muito sentindo, você sabe que é frustante quando uma linda atriz está em cena com um rosto de quem não está gostando do que está fazendo.

A verdade é que elas não deveriam ser chamadas de atrizes, mas mesmo que não gostem do que estão fazendo, poderiam pensar no dinheiro que estão recebendo.




5. O pornô pode influenciar em crimes sexuais

Os possíveis efeitos negativos do pornô em uma mente em formação podem levar a sociedade a ter um grande número de maníacos sexuais. É isso que alguns pesquisadores acreditam. Eles afirma que devido a internet um grande número de jovens ao redor do planeta tem acesso a todos os tipos de pornografia, e isso inclui sexo envolvendo agressão física e até estupro. Esses mesmo pesquisadores provaram que em países onde a pornográfica é limitada a taxa de crimes sexuais diminuiu consideravelmente.



4. A pornográfica é proibida para a maioria dos presidiários

Se você assistir a praticamente qualquer filme sobre prisão uma das primeiras coisas que você vai notar é que grande cartaz de uma mulher nua que está pendurado na cela de um preso, ou o comércio "ilegal" de revistas masculinas dentro das prisões. Esse talvez seja um grande motivo para você ficar bem longe da prisão, você corre o risco de passar muito tempo sem ver uma mulher sem roupas.

Porque é proibido? Ninguém sabe responder ao certo, é basicamente uma regra antiquada que não é baseado em qualquer coisa de qualquer substância. Se na cadeia você pode acessar revistas de assuntos variados, então por que não pornográficas?

Recentemente um assassino condenado Dwight Rosa Jr., entrou com uma uma ação judicial alegando que a proibição é contra seus direitos humanos. E por mais que ele seja um fora da lei e condenado por assassinato, temos que admitir que esse cara tem alguma razão.



3. O pornô leva os homens a acreditar que precisam de sexo

A revista Human Brain Mapping publicou um estudo demonstrando que, embora muitos homens e mulheres tenham regiões semelhantes do cérebro ativadas durante a visualização de pornografia, apenas nos homens há uma ativação significativa do tálamo e hipotálamo.  O hipotálamo controla a temperatura corporal, a fome, a comportamentos de apego, sede, fadiga, sono e outros aspectos importantes do seu cérebro.

Isso significa que, quando os homens assistem pornografia, seus corpos experimentam a excitação sexual não apenas como um desejo, mas como uma necessidade de sobrevivência. Embora, ao contrário do sono, comida ou água, um homem não vai morrer se ele não tem sexo.



2. O maior gangbang do mundo envolveu uma mulher com 919 homens

Antes de mais nada se você não sabe o que é gangbang, é basicamente sexo de uma mulher com vários homens. Agora escreverei um pouco sobre Lisa Faíscas, que provavelmente teve uma infância comum, com bonecas e desenhos animados. 

A pequena Lisa cresceu, mudou seu nome para Lisa Sparxxx, entrou no pornô e um dia decidiu fazer sexo com 919 homens em Varsóvia, Polônia, em 2004. Agora, para ser justo, o registro só conta para a quantidade de homens que penetraram ela e não para cada indivíduo que realmente ejaculado (se isso faz a diferença). 

O recorde foi anteriormente ocupada por uma estrela pornô chamada Houston, que fez sexo com mais de 620 homens sem interrupção em 1999 (leve hehe).



1. Existe um monopólio pornô praticado pela empresa MindGeek

A empresa MindGeek é responsável pela maior parte do pornô que você, eu e qualquer pessoa no mundo consome. Essa empresa possui um grande número de sites de pornografia  como Pornhub, YouPorn, Redtube, que servem-se de enormes quantidades de pornografia gratuita financiada por anúncios.

Nada disso importa para você? Bom para começar, o ecossistema vampírico da MindGeek incentiva a produção de pornô com qualidade duvidosa. O distribuidor não precisa necessariamente fazer conteúdo de qualidade, ele só precisa do acesso que consequentemente gera dinheiro para ele. Não existe um filtro de conteúdo, qualquer um pode postar um vídeo pornô mal feito nesses sites. Em outras palavras, se você não quer que a sua qualidade de pornô diminua pouco a pouco ao longo do tempo, as coisas precisam mudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário